11/08/2014

Documento formaliza o uso de ambientes compartilhados entre as instituições

14700138640_d3b48864d6_o1-e1409841567109Em uma solenidade realizada nesta segunda-feira (11), os Institutos Lactec e a Universidade Federal do Paraná (UFPR) formalizaram o uso compartilhado de ambientes comuns entre as instituições. Fazem parte dessa estrutura, quatro das cinco unidades dos Institutos Lactec: o Centro de Hidráulica e Hidrologia Professor Parigot de Sousa (Cehpar), o Laboratório Central de Pesquisa e Desenvolvimento (LAC), o Laboratório de Materiais e Estruturas (Lame) e o Laboratório de Mecânica e Emissões Veiculares (Leme). Essas unidades estão localizadas em terrenos da universidade e possuem alguns laboratórios e salas de aula que são utilizados por professores e alunos da instituição. “Essa parceria só traz benefícios para ambas as instituições”, disse o diretor presidente dos Institutos Lactec, Luiz Fernando Vianna. A cooperação técnico-científica entre UFPR e Institutos Lactec por meio do compartilhamento de estrutura e de recursos humanos, na prática, já ocorria, mas agora passa a ser definida de maneira mais clara, segundo Vianna. O reitor da UFPR, Zaki Akel Sobrinho, que é presidente do conselho de administração dos Institutos Lactec, falou sobre o processo de concretização do convênio. “Foi uma operação muito intrincada, por causa de várias coisas que foram feitas informalmente em um momento em que não tínhamos muros entre as instituições”, disse. “Em determinado momento precisamos criar um novo tipo de convênio para superar obstáculos legais.” O último convênio assinado entre as instituições foi o termo geral de cooperação, de março de 2012, entre Institutos Lactec, UFPR e Companhia Paranaense de Energia (Copel). Ele renovou os compromissos entre as instituições de continuidade das atividades laboratoriais desenvolvidas nas instalações da UFPR. A nova assinatura é entendida como complementar ao termo de 2012, já que organiza pontos acordados na ocasião, mas que não possuíam formalização suficiente para serem colocados em prática. O principal deles é a cobrança instituída aos Institutos Lactec pela utilização dos espaços físicos da UFPR, como o terreno e os prédios. “O valor foi pré-fixado pela Caixa Econômica Federal e ao final do mês, faremos a soma de todos esses usos para se chegar ao valor devido”, comentou o diretor de desenvolvimento tecnológico, Ney Augusto Nascimento. Ele é o responsável interno nos Institutos Lactec pelo relacionamento estreito com a UFPR. “A intenção é que essa cobrança possa ser compensada com incentivos financeiros à UFPR, orientação e monitoria de alunos, empréstimo equipamentos e mão-de-obra, consultoria e serviços tecnológicos”, comentou Ney. Além de Akel, Vianna e Ney, estiveram presentes na solenidade o diretor de operações tecnológicas dos Institutos Lactec, Fabio Alessandro Guerra; o vice-reitor da UFPR, Rogério Mulinari e o diretor do Setor de Tecnologia da UFPR, Marcos Antônio Marino, além de outros representantes das duas partes.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Universidade Federal do Paraná (UFPR)