09/02/2015

VolvoVolvo e Institutos Lactec assinaram o primeiro contrato de pesquisa e desenvolvimento (P&D) em eletrônica embarcada, baseados no modelo de negócio da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii). O projeto busca inovação para os caminhões da Volvo que atuam na área agrícola.

Apesar de ser cliente dos Institutos Lactec na área de serviços, a multinacional Volvo nunca havia contratado projetos de P&D com os institutos. A novidade do modelo de negócio da Embrapii voltado à indústria – com aporte financeiro de até 1/3 do valor total do projeto não-reembolsáveis – facilitou a contratação do projeto inovador.

A eletrônica embarcada amplia as funcionalidades de produtos pelo desenvolvimento de melhorias de equipamentos e sistemas compostos por microprocessadores com softwares dedicados. Pode estar presente em diversas tecnologias a nossa volta: em smartphones, carros e eletrodomésticos, computadores, redes de distribuição de energia elétrica ou em centrais de monitoramento de pessoas e objetos. A sua aplicação possibilita que a “internet das coisas” seja uma realidade, permitindo que tudo ao nosso redor esteja interconectado.

 

Saiba mais sobre a Embrapii e seus aportes financeiros para inovação na indústria.