24/07/2015

Equipe integrada recebeu o embaixador da Coreia do Sul no Brasil para propor cooperação técnica

Foto: Divulgação Copel

Usina de Salto Caxias, no Rio Iguaçu. Foto: Divulgação Copel

A experiência da Coreia do Sul em recuperação de rios urbanos poderá ser aplicada no projeto Paraná para a revitalização da bacia do Rio Iguaçu. A proposta de cooperação técnica foi apresentada nesta quarta-feira (22) pela vice-governadora e coordenadora do comitê estratégico de revitalização do Rio Iguaçu, Cida Borghetti, ao embaixador da Coreia do Sul no Brasil, Jeong-Gwa Lee.

“Vamos nos unir para salvar os trechos ameaçados no nosso rio mais emblemático. É o compromisso que temos, como governo e sociedade, com as futuras gerações”, salientou Cida Borghetti. ”A Coreia do Sul promoveu uma transformação ambiental e urbana devolvendo qualidade de vida aos moradores de Seul. O trabalho é considerado uma referência mundial e gostaríamos de aproveitar essas boas experiências aqui no Paraná”, afirmou ela.

O embaixador Jeong-Gwa Lee manifestou interesse na cooperação e afirmou que a embaixada fará contatos com órgãos técnicos do governo sul-coreano e empresas para estabelecer as parcerias.

A revitalização é um projeto integrado do governo estadual que envolve secretarias estaduais, autarquias, empresas públicas e 109 municípios, onde vivem cerca de 4,4 milhões de paranaenses. Também serão envolvidas universidades, organizações não governamentais, ambientalistas e setores usuários de recursos hídricos como indústria e agricultura.

Os Institutos Lactec são uma das instituições que participam do grupo que debate o projeto, uma vez que já possuem experiência com estudos ambientais no Rio Iguaçu.

O coordenador do grupo gestor de revitalização do Rio Iguaçu, Mario Celso Cunha, reforçou que o trabalho integrado permitirá a execução de projetos mais eficientes. Segundo ele, os Institutos Lactec farão consultoria na elaboração de planos estratégicos e sistematizarão de todos os projetos, planos e ações em execução e previstos.

A bacia do Rio Iguaçu é a maior do Estado, servindo para geração de energia elétrica, desenvolvimento agrícola e industrial e onde está ainda uma das primeiras unidades de conservação do país, o Parque Nacional do Iguaçu. Porém, é no trecho mais urbanizado, de Curitiba e Região Metropolitana, que consiste o interesse do Governo na parceria técnica com a Coreia do Sul.

 

Com informações da Agência Estadual de Notícias.