11/05/2017

Produto, lançado em 2014 em parceria com a Feergs, reduz tempo e custo de instalação para concessionárias de energia

Espaçadores em preparação para expedição à Cemar

Espaçadores em preparação para expedição à Cemar

A Companhia Energética do Maranhão (Cemar) concluiu nos últimos dias a aquisição de duas mil unidades de um regulador de fases de baixa tensão (REGBT) inovador, desenvolvido pelos Institutos Lactec em parceria com a Feergs. Também conhecido como espaçador de fios, o produto foi apresentado ao mercado em 2014, após quatro anos de pesquisa e testes em diversas regiões do país.

Como o nome sugere, o espaçador de fios é utilizado por concessionárias de energia para manter uma distância segura entre cabos de energia na rede de baixa tensão. A vantagem do novo produto em relação ao modelo tradicional está na economia de tempo e de custo de instalação, que pode ser feita sem a necessidade de veículo e por um único eletricista.

O diretor comercial da Feergs, Alexandre Müller da Silva, conta que, de 2014 para cá, houve melhorias no produto, que agora conta com um polímero mais denso e molas em aço inoxidável em vez de aço galvanizado, para resistir a condições mais críticas de umidade e salinidade, típicas de cidades litorâneas.

Müller apresentou o produto para representantes da Cemar na última edição do ‘Rodeio de Eletricistas’, que antecedeu o Seminário Nacional das Distribuidoras de Energia (Sendi), realizado em novembro de 2016 em Curitiba. “Ao conhecerem o espaçador mais a fundo, logo demonstraram interesse”, conta. A expectativa do diretor da Feergs é que a partir da aquisição pela Cemar, outras concessionárias também se interessem pelo produto.

Economia de tempo

O REGBT recebeu investimento de R$ 788 mil da Finep e outros aportes da Feergs, parceira industrial do projeto, de cerca de R$ 40 mil. Os Institutos Lactec foram contratados para a realização da pesquisa, coordenada pelo engenheiro eletricista Edemir Kowalski e encerrada em março de 2014.

Na comparação com o espaçador tradicional, o tempo de instalação de cada unidade chega a ser 87% menor, caindo de 16 minutos para pouco mais de 2 minutos. Na distância entre dois postes, que é de 30 metros, é possível instalar de cinco a seis espaçadores, o que significa que o tempo gasto para realizar a devida regulação das fases com o novo dispositivo reduz em aproximadamente 90% o tempo de instalação se comparado aos métodos convencionais.

Confira o vídeo de apresentação do REGBT
Mais informações