Por meio da Lei de Informática (Leis 8.248/91, 10.176/01 e 11.077/04) empresas do setor de tecnologia são capazes de reduzir de 80% a 100%* o valor do IPI de seus produtos habilitados ou incentivados na Lei.

Como contrapartida, as empresas precisam investir ao menos 5% do seu faturamento bruto em atividades de pesquisa e desenvolvimento em tecnologia da informação, com instituições credenciadas pelo Comitê da Área de Tecnologia da Informação (Cati) do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Os Institutos Lactec são uma instituição credenciada desde 2005, possuindo experiência de quase 10 anos no atendimento a clientes como a Positivo Informática, Bematech, Furukawa, Landis+Gyr e Siemens.

O consenso entre técnicos e especialistas é que investir com a Lei de Informática é permitir que as empresas nacionais sejam fortes e competitivas, disputando espaço com concorrentes de todo o mundo.

* Consultar condições legais conforme a legislação vigente.

Saiba mais sobre a Lei de Informática.